* As tarifas, ofertas e condições apresentadas podem sofrer alteração sem aviso prévio.
Quer aproveitar os dias de folga para fazer uma viagem em família, mas está se perguntando se criança paga passagem de avião? Não se preocupe, a equipe do Rio Quente pode ajudar. Leia este artigo e descubra quais são as diretrizes para voar com os pequenos.

A partir de quantos anos as pessoas pagam passagem de avião?

Afinal, criança paga passagem de avião? Essa é uma pergunta muito comum entre quem deseja fazer uma viagem em família e pretende organizar as despesas antes de embarcar.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), a resposta varia de acordo com cada companhia. Na maioria dos casos, o transporte é gratuito para crianças de até dois anos. Porém, em algumas empresas, há uma cobrança de cerca de 10% do valor pago pelo adulto.

Esse valor também varia de acordo com assento, tendo em vista que, se a criança ocupa um lugar, é cobrado o preço integral da passagem. Já em algumas situações, crianças menores de 12 anos têm desconto, uma prática não obrigatória entre as empresas aéreas.

Idade mínima para viajar

Ainda conforme a Abear, a idade mínima para viajar de avião é de sete dias de vida. Isso porque recém-nascidos menores ainda estão desenvolvendo seus sistemas respiratórios e circulatórios, o que pode ser um risco.

Além disso, o indicado é consultar o pediatra antes de voar, já que tanto o bebê quanto a mãe precisam de liberação médica para andar de avião. Inclusive, especialistas recomendam esperar pelo menos até os 28 dias de vida do bebê, época em que é mais seguro viajar.

Documentos para viajar de avião com crianças

Após verificar se a criança paga passagem de avião, é hora de organizar os documentos para a viagem. Assim, é importante certificar quais são os papéis obrigatórios para o embarque.

Voos nacionais

No Brasil, os documentos necessários para viajar de avião nacional com criança são:

  • certidão de nascimento, carteira de identidade (RG) ou passaporte com documento que comprove a filiação ou vínculo com o responsável, quando a criança estiver acompanhada por um parente de até 3º grau (pai, mãe, irmãos maiores de 18 anos, tios, avós e bisavós);
  • autorização reconhecida em cartório, redigida pelo pai, pela mãe ou por um responsável — em algumas empresas, é necessário que a autorização seja feita por ambos os pais —, quando estiver acompanhada por pessoas maiores de idade sem parentesco.

Voos internacionais

Já em voos internacionais, os documentos podem variar. Entretanto, os principais são:

  • passaporte brasileiro válido, quando a criança estiver acompanhada de pais ou responsáveis (tutor, curador, guardião);
  • passaporte brasileiro válido e autorização para criança viajar, redigida pelo outro genitor, reconhecida em cartório, quando ela estiver acompanhada de apenas um dos pais;
  • passaporte brasileiro válido e autorização redigida por ambos os pais ou responsáveis reconhecida em cartório, quando acompanhada por terceiros maiores de 18 anos com ou sem parentesco.
Vale lembrar que bebê precisa de passaporte para viagens internacionais. Essa exigência não é feita apenas em casos de viagens pelo Mercosul, que aceita a certidão de nascimento.

criança paga passagem de aviao

Menores desacompanhados

Dentro do Brasil, os pequenos também podem viajar sozinhos. No entanto, a idade mínima — normalmente entre 5 e 8 anos —, assim como as condições, podem variar de acordo com as companhias aéreas. Para esse tipo de viagem, os principais documentos de crianças exigidos são:

  • certidão de nascimento (original ou cópia autenticada), RG ou passaporte com autorização judicial ou extrajudicial, redigida pelo pai, pela mãe ou por um responsável, com firma reconhecida em cartório, no caso de crianças menores de 12 anos;
  • RG ou passaporte com autorização judicial ou extrajudicial redigida pelo pai, pela mãe ou por um responsável, com firma reconhecida em cartório, quando se tratar de crianças e adolescentes entre 12 e 16 anos incompletos;
  • RG, passaporte (original ou cópia autenticada) ou boletim de ocorrência em casos de furto, roubo ou extravio, com validade prevista pelo órgão de segurança para adolescentes de 16 a 18 anos incompletos.

Dicas para quem vai viajar de avião com crianças

Agora que você já sabe com que idade a criança paga passagem de avião e quais são os documentos necessários para a viagem, que tal algumas dicas para garantir uma experiência tranquila e confortável? Veja a seguir!

Mantenha os documentos em mãos

Caso você viaje com crianças, uma ótima dica é manter os documentos sempre em mãos. Afinal, não dá para saber quando vai ser necessário apresentá-los. Então, separe um espaço na bolsa de mão.

Prepare lanchinhos

Não dá para saber quando o pequeno sente fome, não é mesmo? Por isso, uma ótima alternativa para uma viagem de criança é preparar uns lanchinhos que podem ser consumidos durante o percurso. Até mesmo algumas empresas aéreas oferecem snacks próprios para os pequenos, por isso, vale a pena verificar se o serviço está disponível ao comprar a passagem.

Leve brinquedos e outros objetos para distrair a criança

Quer que o pequeno fique mais calmo durante o voo? Então, leve alguns brinquedos e objetos para entretê-lo. Assim, ele pode se distrair enquanto você viaja com mais tranquilidade.

Embarque com toda a família rumo ao Rio Quente!

Agora que você já sabe com quantos anos criança paga passagem de avião, que tal juntar toda a família e embarcar rumo ao Rio Quente? Contando com atrações para todos os gostos e idades, aqui é o destino ideal para a sua viagem!

Sem contar que, em todas as áreas do resort, estamos seguindo os protocolos de saúde orientados pela OMS. Então, é só conferir nossos pacotes promocionais, aproveitar os descontos e fazer sua reserva!

Quer falar com a gente?

É só nos chamar no WhatsApp ou telefone a qualquer hora!

WhatsApp

Central de Reservas

Para RJ, RS, PR, MG e NE

Belo Horizonte

Campinas

Goiânia

Pernambuco

Ribeirão Preto

Rio Quente

Rio de Janeiro

Santo André

São José do Rio Preto

São José dos Campos

Uberaba

Uberlândia