* As tarifas, ofertas e condições apresentadas podem sofrer alteração sem aviso prévio.
Você sabia que é necessário pagar uma taxa de turismo para entrar e permanecer em alguns destinos brasileiros? Trata-se de uma cobrança municipal com intuito de  manter e preservar as principais atrações turísticas das regiões. 

Para você entender um pouco mais sobre o que é taxa de turismo, qual é a importância dela e como funciona no Brasil, preparamos este artigo recheado de informações. Confira!

O que é taxa de turismo?

Também conhecida como taxa de preservação ambiental (TPA), a taxa de turismo é uma tarifa municipal paga pelo visitante para garantir a preservação e a manutenção das atrações turísticas do destino, incluindo museus, construções históricas, reservas ambientais, etc. 

Normalmente, essa taxa costuma ser baixa para não interferir no comércio e nas atividades locais. Ela pode variar de acordo com cada destino e época do ano, tendo em vista que os países e os municípios decidem quanto desejam cobrar. Inclusive, o valor pode sofrer reajustes durante os meses de alta temporada

A taxa de turismo pode ser incluída diretamente no valor da acomodação ou paga antecipadamente no desembarque. Além disso, ela pode ser cobrada juntamente dos demais gastos no check-out do hotel, onde o valor é calculado com base no número de dias de permanência.

É obrigatória?

A taxa de turismo é obrigatória? Na verdade, depende. Por ser uma cobrança respaldada por uma lei municipal, ela é facultativa na maioria dos destinos brasileiros, cabendo somente ao visitante a escolha de contribuir ou não. 

Entretanto, em lugares de preservação ambiental ou com grande número de turistas, ela pode ser obrigatória. Vale lembrar que a taxa de turismo é diferente do Imposto sobre Serviços (ISS), obrigatório em todos os destinos do Brasil e que pode variar de 5% a 10% sobre o valor do serviço realizado.

Qual é a importância da taxa de turismo?

A taxa de turismo surgiu a partir da necessidade de manter e preservar destinos turísticos com um grande fluxo de visitantes ou vastidão ambiental. Normalmente, o valor arrecadado com a tarifa é revertido em ações locais para a melhoria do destino, como sinalização e acessibilidade, além de limpeza e saneamento.

Muitos dos destinos ecoturísticos do Brasil cobram a taxa justamente para realizar a manutenção das áreas. Afinal, quando o local é aberto, é comum não pagar entrada. Porém, como cuidar dele?

Com a taxa de turismo, o município arca com as despesas dos espaços, além de investir no desenvolvimento turístico da região. Por isso, podemos enxergá-la como um bilhete para visitação de uma cidade ou um país que já é um grande espetáculo por si só.

homem anotando sobre taxa de turismo em um caderno

Destinos brasileiros que exigem a taxa de turismo

Depois de saber o que é e qual é a importância, que tal conhecer algumas das cidades que cobram taxa de turismo no Brasil? Veja a lista com os principais destinos a seguir. 

  • Rio Quente – Goiás;
  • Ubatuba – São Paulo;
  • Ilhabela – São Paulo;
  • Morro de São Paulo – Bahia;
  • Bombinhas – Santa Catarina;
  • Fernando de Noronha –  Pernambuco;
  • Jericoacoara –  Ceará;
  • Jalapão – Tocantins;
  • Parques Nacionais administrados pelo ICMBio.

Outras estratégias de preservação

Além da taxa de turismo sustentável, podem ser desenvolvidas outras estratégias de preservação em destinos onde o meio ambiente é a principal atração. Em Ubatuba (SP), por exemplo, a Câmara Municipal aprovou a lei que cria um “pedágio ambiental” para veículos de outras cidades que circularem pelo município.

Além disso, diferentes destinos turísticos passaram a estabelecer compromissos socioambientais para preservar o meio ambiente, incluindo destinação de verba para ações ambientais da cidade, utilização de equipamentos ecológicos e parcerias com órgãos ambientais, como o IBAMA. 

Além de contribuir com a taxa, quem vai viajar para destinos como esses pode praticar um turismo consciente, mantendo boas práticas do ecoturismo, como respeitar os animais, não deixar resíduos na natureza, preservar a biodiversidade e as culturas locais.

Rio Quente: um paraíso para suas férias!

E aí? Deu para entender o que é taxa de turismo e como ela funciona no Brasil? Então, que tal se programar e começar a organizar sua próxima viagem? Se quiser desfrutar de um paraíso sem nenhuma preocupação, venha para o Rio Quente Resorts.

Localizado a cerca de 200 km da capital goiana, o complexo de hotéis é referência quando o assunto é turismo ecológico e conta com atrações imperdíveis, cercadas pelos mais lindos cenários do Cerrado brasileiro. Além disso, o espaço abriga acomodações superaconchegantes, perfeitas para seus dias de descanso.

Para garantir uma viagem tranquila e segura para todos os visitantes, o resort segue as medidas de prevenção homologadas pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (InCor). Então, não deixe de conferir os pacotes promocionais e fazer já sua reserva!

Quer falar com a gente?

É só nos chamar no WhatsApp ou telefone a qualquer hora!

Central de reservas

Capitais

Demais localidades