* As tarifas, ofertas e condições apresentadas podem sofrer alteração sem aviso prévio.
A culinária mediterrânea está entre nós há milhares de anos. Entretanto, nos últimos tempos, houve uma explosão da gastronomia mediterrânea, principalmente pelos incríveis benefícios à saúde.

Alimentos frescos, óleos saudáveis e sem ultraprocessados são qualidades que a comida mediterrânea já possuía e foram reencontradas pela medicina moderna. As pessoas estão descobrindo o prazer de comer bem, e essa é uma cultura rica em sabores, além de ser saudável.

Quer aprender mais sobre a culinária mediterrânea? Venha com a gente! Neste artigo, o Rio Quente Resorts explica o que é, os principais ingredientes e os benefícios à saúde. Nossos resorts também oferecem o melhor da gastronomia mundial para você aproveitar com a família.

O que é a culinária mediterrânea?

A culinária mediterrânea tem esse nome justamente por ser criada pelos países banhados pelo mar mediterrâneo, como Egito, Grécia, Espanha e Itália. A gastronomia já existe há pelo menos 3 mil anos e é Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Os pratos mediterrâneos são feitos com ingredientes leves, como grãos, frutas, azeites e peixes. O modo de preparo envolve cozinhar no vapor, grelhar e até combinação de alimentos crus.

Essa gastronomia aproveita os produtos locais e sazonais. Pela proximidade do mar mediterrâneo, há o consumo de peixes e frutos do mar. Plantações como a oliveira, árvore que produz azeitonas e, posteriormente, o azeite, que se beneficia do clima, também são característicos da culinária.

Vale ressaltar que o mediterrâneo é uma área grande, compreende parte dos continentes africano, europeu e asiático. Assim, a culinária mediterrânea também tem influência de diversas culturas, como da árabe e da báltica. 

Ingredientes e pratos

A gastronomia mediterrânea possui diversos pratos e particularidades de cada país. É impossível falar de tudo, mas separamos alguns dos principais ingredientes e pratos para você conhecer melhor essa cultura tão rica e benéfica!

Grãos, cereais e sementes

A utilização de grãos, cereais e sementes nos pratos é uma das grandes características da culinária mediterrânea. O trigo é um ingrediente primordial não só na produção de pães, mas na liga de pratos como o quibe cru

O grão-de-bico e a soja também são ingredientes versáteis, podendo ser utilizados em saladas e pastas; já as castanhas e as nozes dão textura e sabor a diversos pratos. São utilizados, além dos insumos citados, óleos naturais excelentes para a saúde. Outros cereais podem substituir o trigo em receitas, como o tabule de quinoa.

Vegetais, verduras e frutas

Os vegetais e as verduras deixam o prato colorido e nutritivo. Receitas (principalmente a salada mediterrânea) podem conter tomate, berinjela, abobrinha, azeitona e hortaliças. As frutas frescas e secas são perfeitas nos doces e até em alimentos salgados. 

Nas saladas, os vegetais são servidos crus ou a vapor com adição de grãos e sementes, como soja, castanhas e amêndoas. A salada grega, por exemplo, é conhecida pela mistura de pepino com iogurte. Também não pode faltar o azeite, ingrediente que realça o sabor e dá liga aos alimentos.

Carnes e peixes

Os peixes e os frutos do mar são os principais insumos animais da culinária mediterrânea, devido à proximidade das regiões com o mar. Os peixes são normalmente marinados com temperos e alimentos frescos, como salsicha e sucos cítricos, e depois assados na grelha ou no vapor. 

Há, também, o consumo de frango e carnes vermelhas. As receitas de frango são uma alternativa para locais longe de águas, já os pratos com carnes vermelhas têm forte influência da cultura árabe, como o quibe cru e o kebab

porção de paella, prato típico da culinária mediterranea, servido em mesa

Benefícios para a saúde

Viu só a prova de que comer bem pode ser delicioso? A culinária mediterrânea é rica em substâncias nutritivas que melhoram o funcionamento do organismo; não à toa, é recomendada por médicos e nutricionistas em todo o mundo. Muitos até aderem à chamada dieta mediterrânea. 

Os peixes e as sementes são ricos em ômega 3 e 6, que previnem a degeneração das células. Isso auxilia na prevenção de doenças como Alzheimer, Parkinson e alguns tipos de câncer. 

Os alimentos são ricos em fibras, auxiliando no funcionamento do sistema digestivo e no emagrecimento. Comparados a produtos industrializados e fritos, os ingredientes da gastronomia mediterrânea têm baixo teor de gordura e de colesterol LDL, conhecido, popularmente, por colesterol ruim. 

Os óleos de qualidade ajudam a circulação cardiovascular, diminuindo os riscos de infartos e outras doenças do coração. Eles também possuem substâncias antioxidantes, que auxiliam na diminuição do colesterol no sangue. Nunca foi tão gostoso se alimentar de forma saudável!

O Rio Quente Resorts convida você para uma viagem gastronômica!

Com todos os benefícios e sabores, é fácil entender por que a culinária mediterrânea é tão comentada. A variedade de ingredientes, sabores e aromas é um prato cheio para qualquer um!

Da mesma maneira, os restaurantes do Rio Quente Resorts oferecem diversidade de pratos para todos os gostos. São iguarias do Brasil e do mundo, sempre acompanhadas com uma carta completa de bebidas. Que tal saborear uma pizza com um bom vinho, por exemplo? 

Para os entusiastas da culinária brasileira, o Rio Quente Resorts sedia, entre abril e maio, o festival Sabores do Brasil. Temos o melhor das comidas típicas nacionais. Então, não fique de fora: conheça nossos pacotes promocionais e venha com a família se divertir no Rio Quente Resorts! 

Quer falar com a gente?

É só nos chamar no WhatsApp ou telefone a qualquer hora!

Central de Reservas

Para RJ, RS, PR, MG e NE

Belo Horizonte

Campinas

Goiânia

Pernambuco

Ribeirão Preto

Rio Quente

Rio de Janeiro

Santo André

São José do Rio Preto

São José dos Campos

Uberaba

Uberlândia