* As tarifas, ofertas e condições apresentadas podem sofrer alteração sem aviso prévio.
Com o avanço da vacinação no país, é comum surgirem dúvidas a respeito dos principais cuidados pós-vacina. Afinal, vivendo quase dois anos dentro de casa, não dá pra saber o que fazer após se vacinar.

Pensando nisso, a equipe do Rio Quente preparou este artigo com algumas informações a respeito da imunização. Então, leia e descubra quais são os principais cuidados pós-vacina!

O que fazer após se vacinar?

Após quase dois anos de restrições e medidas de segurança, a vacinação chegou como um sopro de esperança para os brasileiros. Porém, a pergunta que não quer calar é: o que fazer após se vacinar?

Os imunizantes foram desenvolvidos para diminuir a contaminação e a disseminação do vírus. Assim, mesmo com a vacinação, existe a possibilidade de se contrair e transmitir o vírus, mesmo que de uma maneira mais branda, o que é um risco para quem ainda não foi vacinado.

Dessa forma, independentemente do fabricante do imunizante, as recomendações pós-vacina envolvem as mesmas diretrizes definidas durante a pandemia. Portanto, enquanto grande parte da população não está vacinada, é importante ficar alerta e continuar seguindo os protocolos orientados pelos órgãos de saúde.

Principais cuidados após a vacinação

É um fato científico que pessoas vacinadas têm menor probabilidade de contrair e disseminar o coronavírus. Entretanto, enquanto a vacinação não atinge 100% da população, os cuidados devem continuar. Entre as medidas, estão:

Seguir as etiquetas respiratórias

Ainda que você esteja vacinado, seguir as etiquetas respiratórias garante que todos ao seu redor fiquem protegidos. Por isso, é importante seguir práticas como cobrir o nariz e a boca com um lenço ou antebraço, antes de tossir ou espirrar; evitar tocar em olhos, boca ou nariz em público; evitar abraços, beijos e apertos de mão.

Usar máscara de proteção em ambientes coletivos

Mesmo após as duas doses de imunização, é fundamental continuar utilizando a máscara de proteção em ambientes coletivos. Isso porque ainda é possível contrair ou transmitir o vírus por meio de gotículas respiratórias, o que pode ser impedido com o uso correto da máscara.

Manter o distanciamento social

O distanciamento social é uma das principais estratégias de saúde para dificultar a disseminação do coronavírus. Dessa forma, manter a distância de outras pessoas, a pelo menos 1 m em locais públicos, é essencial para a proteção de todos, até que a população se vacine completamente.

Fazer a higienização das mãos e dos aparelhos de contato direto

A Covid-19 ainda está por aí, por isso a higienização das mãos e dos aparelhos de contato direto, como celulares e chaves, deve continuar. Dessa forma, as dicas de cuidados incluem lavar as mãos com água e sabão por cerca de 50s e utilizar álcool em gel 70% sempre que for necessário.

cuidados pós vacina

Viajar após a vacinação: quando fazer e quais cuidados tomar?

Agora que estou vacinado, posso viajar? Se você está se perguntando isso e quer saber quais são os cuidados pós-vacina necessários para realizar uma viagem segura, aqui estão algumas recomendações:

Primeira dose

É importante ressaltar que, após a primeira dose da vacina contra o coronavírus, é necessário continuar com as medidas de prevenção. Até porque alguns imunizantes só garantem a proteção completa 14 dias após a segunda dose, o que também acontece com as vacinas de dose única, como a Janssen.

Além disso, é comum surgirem alguns sintomas pós-vacina, o que pode variar de acordo com cada imunizante e interferir no seu roteiro de viagem. Entre os principais, estão:

  • dor, vermelhidão e inchaço no braço;
  • fadiga;
  • dor de cabeça;
  • dores musculares;
  • febre;
  • calafrios;
  • náuseas;
  • dores no corpo;
  • cansaço;
  • enjoo;
  • dor de garganta;
  • coriza;
  • tosse.
Os sintomas costumam começar algumas horas depois da aplicação da dose e podem durar até 48h. Caso eles não passem, é recomendado procurar atendimento médico.

Assim, para viajar, é necessário aguardar que todos os sintomas passem. Além disso, como a primeira dose não garante a imunização total, o ideal é se cuidar antes de embarcar rumo a um novo destino.

Segunda dose

Como já foi dito, a imunização acontece cerca de 14 dias após a aplicação da segunda dose ou dose única, mas, mesmo após esse período, é recomendado seguir os cuidados pós-vacina e as medidas de prevenção, afinal, nem todos estão totalmente imunizados.

Antes de viajar, o indicado é aguardar esses 14 dias para embarcar com mais tranquilidade  e segurança. Uma ótima alternativa é fazer um check-up antes da viagem para se certificar que está tudo bem.

Fora isso, é importante verificar quais são os protocolos adotados pelos transportes, assim como pelo destino que você vai conhecer. Uma boa dica é pesquisar bem antes de sair de casa, organizando a viagem de acordo com as normas estabelecidas pelos locais.

Inclusive, alguns estabelecimentos estão solicitando o Certificado Nacional de Vacinação contra a Covid-19, que pode ser obtido por meio do aplicativo ou site do Conecte SUS Cidadão. Então, uma boa opção é garanti-lo antes de planejar a viagem.

Rio Quente Resorts: seu destino seguro!

Agora que você já está por dentro dos cuidados pós-vacina, que tal começar a programar sua próxima viagem? Se estiver à procura de um destino seguro, o Rio Quente é a escolha ideal!

Contando com acomodações superconfortáveis e atrações para todos os gostos, nosso complexo de hotéis possui o Selo Turismo Responsável. Assim, estamos seguindo todos os protocolos de saúde recomendados pela OMS. Então, confira já nossos pacotes promocionais, aproveite os descontos e faça sua reserva!

Quer falar com a gente?

É só nos chamar no WhatsApp ou telefone a qualquer hora!

WhatsApp

Central de Reservas

Para RJ, RS, PR, MG e NE

Belo Horizonte

Campinas

Goiânia

Pernambuco

Ribeirão Preto

Rio Quente

Rio de Janeiro

Santo André

São José do Rio Preto

São José dos Campos

Uberaba

Uberlândia