* As tarifas, ofertas e condições apresentadas podem sofrer alteração sem aviso prévio.

Foto panorâmica da cidade de Itumbiara, em Goiás. Em primeiro plano está o rio Parnaíba e a cidade ao fundo, com o sol se pondo

Conhecido por seus vários destinos que são verdadeiros paraísos do ecoturismo, as ricas terras de Goiás são capazes de encantar viajantes dos mais variados perfis. E Itumbiara é uma prova disso.

Menos movimentada do que as áreas turísticas do estado, como Caldas Novas e a Chapada dos Veadeiros, Itumbiara vem ganhando destaque nos últimos anos. A fama da cidade como destino perfeito para férias em família se espalhou de vez pelo Brasil! Agora, muita gente visita o sul de Goiás em busca do equilíbrio perfeito entre natureza e estrutura urbana que esse lugar fantástico oferece.

Que tal mergulhar na preciosa cultura goiana e descobrir a potência do Rio Parnaíba? Aqui, a gente te mostra o que fazer em Itumbiara, como chegar e o que você precisa ter em mente para garantir uma estadia incrível na cidade.

Memórias e segredos de Goiás: conheça a história de Itumbiara

A história de Itumbiara começou por causa de sua localização privilegiada.

Situada na divisa entre Goiás e Minas Gerais, a área banhada pelo Rio Parnaíba tinha tudo para se tornar uma importante rota de escoamento de mercadorias. E foi exatamente isso que aconteceu a partir de 1824, ano em que o governo goiano construiu uma passagem para interligar as cidades de Anhanguera e Uberaba.

A nova estrada e o posto fiscal instalado nela fizeram com que a região onde fica Itumbiara começasse a receber mais atenção. O solo fértil e versátil estimulou o surgimento de pequenas propriedades rurais, fator que também contribuiu para o nascimento do pequeno povoado de Santa Rita do Parnaíba.

E apesar de ter nascido tarde, o crescimento do povoado foi rápido: o título de cidade veio algumas décadas depois, em 1909. Nos anos seguintes, Santa Rita do Parnaíba foi palco de vários eventos históricos memoráveis, como os conflitos acirrados da Revolução de 30.

O nome atual só apareceu quando foi construída uma via que saía do município e levava até a Cachoeira Dourada. A estrada foi chamada de “Caminho da Cachoeira”, mas soava bem melhor em tupi-guarani: “Itumbiara”. A denominação ficou de vez na mente dos habitantes e a cidade acabou sendo rebatizada.

De lá para cá, Itumbiara conquistou sua posição merecida como um dos núcleos urbanos mais desenvolvidos do Centro-Oeste. Além de ser uma grande exportadora, ela se destaca também pela agricultura, pela excelente infraestrutura de serviços e, é claro, pelo turismo. Mas sobre isso a gente fala mais um pouquinho daqui a pouco!

Rumos e rotas: saiba onde fica Itumbiara

Como mencionamos, Itumbiara fica na porção sul do estado de Goiás, bem na divisa com Minas Gerais.

Situada a 209 quilômetros de Goiânia e 134 quilômetro de Uberlândia, ela também está pertinho de outras grandes cidades importantes e da fronteira entre Minas e São Paulo. Por causa dessa localização ótima, Itumbiara recebeu o apelido de “Porta de Entrada de Goiás”. É uma parada obrigatória para muitas mercadorias e viajantes que circulam entre o Sudeste e o Centro-Oeste do Brasil e para quem navega nas águas do grandioso Rio Parnaíba.

Descubra como chegar em Itumbiara

No assunto de como chegar em Itumbiara, a maioria dos turistas concorda que a melhor estratégia é parar primeiro em Goiânia ou Uberlândia.

Essas duas cidades recebem muitas opções de voos domésticos e rotas rodoviárias vindas de todas as partes do país. Depois, é preciso cair na estrada para completar o percurso, viagem que costuma durar três horas saindo de Goiânia. É só pegar a BR-153 no sentido sul que você chega a Itumbiara sem complicações! Partindo de Uberlândia, são duas horas de estrada, e o trajeto pode ser feito usando a BR-365 e depois a BR-452.

Se você não quiser se preocupar com os detalhes do caminho, tudo bem: há muitos ônibus de viagem que levam até Itumbiara, incluindo veículos de grandes empresas como Guanabara e Gontijo. A cidade tem um terminal rodoviário moderno e bem equipado que fica na Avenida Osvaldo Cruz, nº 120, não muito longe do centro.

Clima em Itumbiara

Viu como é fácil chegar em Itumbiara?

Pois é, mas antes de fazer as malas para desvendar as belezas de Goiás, é importante que você entenda como funciona o clima por lá. Itumbiara é uma cidade de características tropicais, então ela tem duas estações bem definidas: uma temporada chuvosa e quente e outra predominantemente seca, com temperaturas mais amenas. As chuvas se concentram no período entre outubro e março, em que os termômetros em Itumbiara costumam marcar cerca de 25ºC. Para fugir dos dias nublados e aproveitar os passeios ao ar livre, nossa dica é agendar sua viagem para a época de estiagem, que vai de abril a setembro e traz temperaturas na casa dos 21ºC.

Conhecendo o clima em Itumbiara, fica mais fácil escolher a data perfeita para aproveitar ao máximo tudo que a cidade tem a oferecer!

Possibilidades e encantos: confira o que fazer em Itumbiara

A gente sabe que seu planejamento de viagem já está quase pronto. Mas ainda falta uma parte importante, né? É hora de descobrir o que fazer em Itumbiara!

O turismo na região é movimentado principalmente pelo poderoso Rio Parnaíba, um dos mais importantes rios de Goiás. Queridinha dos fãs de esportes aquáticos, Itumbiara também oferece ótimas opções para quem se interessa por turismo cultural, história e lindas construções de encher os olhos. Para saber mais, vem com a gente nessa tour pelos principais pontos turísticos de Itumbiara – e pode ir montando seu roteiro –.

Rio Paranaíba: as águas que trazem vida a Itumbiara

parte de uma pessoa praticando standup paddle no Rio Paranaíba, em Itumbiara

Não tem como negar que o Rio Parnaíba é mesmo o grande astro do turismo em Itumbiara.

Com quase 1.200 quilômetros de extensão, esse gigante d’água é responsável por desenhar muitas das lindas paisagens que você poderá apreciar na cidade. As opções de lazer que ele proporciona são várias: se você curte pescaria, por exemplo, vai adorar conhecer o Lago da Represa de Itumbiara. Essa parte do Rio Parnaíba reúne tanto pescadores quanto praticantes de modalidade como remo e outras atividades náuticas.

Tire um tempo para fazer uma caminhada tranquila na orla fluvial que se estende pela Avenida Beira Rio. Além dos cenários maravilhosos – dignos de muitas fotos –, ela tem vários restaurantes e bares que servem o melhor da culinária goiana e internacional. Quem não gosta de comer bem e ainda apreciar uma vista encantadora?

Palácio da Cultura - Museu Major Militão Pereira de Almeida: a arte de contar histórias

Já contamos um pouquinho da história de Itumbiara ali em cima, mas você pode se aprofundar mais na bagagem da cidade visitando o Museu Major Militão Pereira de Almeida.

Também conhecido como Palácio da Cultura, esse importante centro cultural preserva a memória de Itumbiara por meio de um acervo cheio de relíquias históricas e artísticas. A exposição inclui fotografias e documentos antigos, artefatos usados pelos itumbiarenses de séculos passados e obras de arte feitas por criadores locais. Esse é um passeio que proporciona uma verdadeira viagem no tempo!

O Museu Major Militão Pereira de Almeida fica na Rua Santa Rita, nº 21, Centro.

Ponte Affonso Penna: símbolo da cidade

Não dá para visitar Itumbiara sem conhecer o principal cartão-postal da cidade, a Ponte Affonso Pena.

A histórica estrutura pênsil foi instalada em 1908, para fazer a travessia que une Goiás e Minas Gerais, e tem uma beleza inspirada pela arquitetura art nouveau. Testemunha de muitos eventos importantes, a ponte tem até hoje as marcas das guerras vividas durante os conflitos revolucionários do século 20.

Além de tirar muitas fotos desse grande símbolo de Itumbiara, tente atravessar a Ponte Affonso Penna de uma extremidade a outra – é super legal a sensação de passar pela divisa e entrar em um estado diferente em poucos minutos! –.

Catedral Santa Rita de Cássia: refúgio espiritual

Se você gosta de turismo religioso e pretende visitar Itumbiara, não deixe de conhecer a Catedral Santa Rita de Cássia.

O templo tem uma fachada simples inspirada nas curvas da arquitetura art deco e um charme adorável. Apesar de não ser muito grande, a catedral encanta os visitantes por sua estrutura bem conservada e pelo ambiente acolhedor e tranquilo que convida a momentos de reflexão e contemplação. Adorada pelos católicos – especialmente pelos devotos de Santa Rita –, essa simpática igreja merece estar no roteiro de todo mundo que passa por Itumbiara.

Sabe o que combina muito com os encantos de Itumbiara? Relaxar e se divertir alguns dias nas águas termais do Rio Quente!

E aí, gostou de conhecer os segredos de Itumbiara?

Realmente, a “Porta de Entrada de Goiás” está cheia de passeios espetaculares. A imensidão do Rio Parnaíba com certeza vai garantir aqueles momentos de relaxamento e entretenimento que você estava precisando. E olha que Itumbiara é só um dos muitos lugares ótimos para descansar que estão espalhados pelo território goiano.

Se você quer uma oportunidade de repousar em meio à natureza do Cerrado goiano e se banhar nas mágicas águas mornas das fontes termais, vem para o Rio Quente Resorts! Aqui, você vive uma estadia totalmente fora do clichê, com toda a exuberância de Goiás e o conforto que só uma estadia all inclusive pode oferecer.

Quer falar com a gente?

É só nos chamar no WhatsApp ou telefone a qualquer hora!

Central de reservas

Capitais

4000-1449
(Para mais informações de Rio Quente e Costa do Sauipe, tecle 1 e para Hot Park, a opção 2)

Demais localidades

DDD + 4000-1449
(Para mais informações de Rio Quente e Costa do Sauipe, tecle 1 e para Hot Park, a opção 2)

Eventos